terça-feira, 25 de abril de 2017

"Conquista", de Miguel Torga

Fez-se a Revolução para que não mais se tivesse de pedir por favor a alguém antes de se exprimir uma opinião. Fez-se a Revolução para que não mais se tivesse de pedir por favor a alguém para pensar. Feita a revolução, cabe a cada um de nós defender o direito de pensar, falar e agir. Cabe a cada um de nós o dever de intervir.


"Conquista" de Miguel Torga:

Livre não sou, que nem a própria vida 
Mo consente. 
Mas a minha aguerrida 
Teimosia 
É quebrar dia a dia 
Um grilhão da corrente. 

Livre não sou, mas quero a liberdade. 
Trago-a dentro de mim como um destino. 
E vão lá desdizer o sonho do menino 
Que se afogou e flutua 
Entre nenúfares de serenidade 
Depois de ter a lua!

segunda-feira, 24 de abril de 2017

"Plantar uma horta é criar “vacinas contra a poluição”, in Fugas

Como tornar as nossas cidades um pouco mais verdes.
Pode ler-se este interessante artigo aqui.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

O dia em que a CP tentou que os comboios deixassem de parar no apeadeiro do Rochoso

 No início da década de 90, eu ainda gaiato, a CP quis que os comboios deixassem de parar no apeadeiro do Rochoso. Revoltou-se a população, bloqueou a linha e veio a polícia de choque. Chegou a haver confrontos e a intervenção da Dra. Maria do Carmo Borges permitiu que se chegasse a uma situação de consenso entre a população e a CP: os comboios pararem no apeadeiro embora com menos frequência. Lembro-me de não me terem deixado participar nessa contestação por ser perigoso. Fiquei em casa dos meus avós aguardando notícias do apeadeiro.
Que ilações se tira desta pequena história:
1. Perigoso não é contestar quando se tem razão. Perigoso é não fazer nada e deixar que façam tudo.
2. Quando por razões justas o Povo se une e contesta, vence.
3. Dito isto, cabe à Comunidade mostrar ao Poder que quer o rio Noéme despoluído.

quinta-feira, 20 de abril de 2017

As Crónicas do Noéme no "Argumentário", programa de grande entrevista da Rádio Altitude

Ontem estive em directo no Argumentário, programa de grande entrevista da Rádio Altitude, e o tema  da conversa foi o Rio Noéme.

Podem ver a conversa no Facebook da Rádio Altitude.